top of page

Visual Law: Linguagem simples e mais acessível ainda é um desafio no meio jurídico.

Linguagem formal, termos técnicos e muitas vezes incompreensíveis para quem é mais leigo, a comunicação jurídica ainda precisa de muito avanço para ser considerada acessível e simples.

visual law
O visual law ajuda a quem precisa entender e quem quer ser entendido.

O Visual Law é uma das ferramentas que utilizam elementos visuais, como diagramas, gráficos, infográficos e outras representações visuais, para aprimorar a compreensão e comunicação de conceitos e informações jurídicas.


É uma abordagem que busca tornar o conteúdo jurídico complexo mais acessível e fácil de compreender tanto para profissionais do direito quanto para leigos.


Quem não é da área, muitas vezes tem a impressão de estar se comunicando em outra língua.


Em 2019, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que O STF (Supremo Tribunal Federal) precisava chamar um "professor de javanês", para se referir a um voto de seu colega de corte Dias Toffoli, que durou mais de quatro horas e, para o ministro, era impossível de compreender.


Na ocasião Toffoli falava para a corte sobre o compartilhamento, sem autorização judicial, de informações entre órgãos de controle e autoridades investigativas.


Mas a mensagem real teria ficado escondida por um juridiquês —o linguajar técnico do direito.

Até mesmo seus colegas de profissão tiveram dificuldade em entender.


Se para quem é da área parecia difícil, imagina para milhares de pessoas leigas no assunto e que ainda assim, precisa lidar com isso diariamente.


Pensando nisso, Tribunais de Justiça e um curso organizado pela OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo) têm a missão de “traduzir” os textos longos e de difícil compreensão na esfera legal.


Mas entenda melhor sobre o Visual Law.



O que é Visual Law?


O Visual Law é uma técnica que visa incorporar elementos visuais na prática jurídica, para melhorar a comunicação e tornar informações legais importantes mais claras e memoráveis.


Isso ajuda a fortalecer o entendimento dos conceitos jurídicos e facilitar o processo de tomada de decisão para todos os envolvidos.


As técnicas de Visual Law podem ser aplicadas em várias áreas do direito, incluindo:


  • Documentos jurídicos: Utilização de elementos visuais em contratos, acordos e petições jurídicas para apresentar pontos-chave, cronogramas e relacionamentos.

  • Educação jurídica: Criação de recursos visuais para auxiliar no ensino de princípios jurídicos, especialmente em faculdades de direito e programas de treinamento jurídico.

  • Apresentações jurídicas: Incorporação de elementos visuais em apresentações em tribunais ou durante seminários e workshops para tornar argumentos e evidências mais convincentes e compreensíveis.

  • Pesquisa jurídica: Utilização de visualizações para analisar e apresentar grandes conjuntos de dados jurídicos ou para demonstrar tendências e padrões.

  • Marketing jurídico: Uso de infográficos ou conteúdo visual em materiais de marketing para promover serviços jurídicos ou explicar processos jurídicos específicos para potenciais clientes.


A dificuldade na compreensão de jargões jurídicos.


"Se um cidadão comum não consegue entender uma portaria do Ministério da Saúde —e a gente viu isso muito na pandemia—, como é que ele vai entender a questão dos direitos dele?", questiona Ivy Farias, advogada e jornalista.


Em parceria com o especialista e comunicação digital Marcio Caparica, Ivy organizou um curso gratuito intitulado "Escrever Direito: Escrita Criativa para Advocacia".


De acordo com o Censo Jurídico 2023, pesquisa conduzida em parceria com o Cálculo Jurídico, 51% dos profissionais que atuam em escritórios não fazem uso desse recurso, enquanto 15% desconhecem completamente o conceito.


Utilizando o Visual Law, é possível simplificar petições com a utilização de fotos para explicar e dar uma ideia mais completa sobre o contexto, incluir linhas do tempo em representação de trajetórias ou até mesmo utilizar um infográfico para destacar as informações mais relevantes sobre determinada situação.


Em processos onde é necessária a apresentação de várias provas e documentos, o recurso de linha do tempo pode demonstra o decorrer dos fatos de forma didática e sem se perder em meio a tanta informação.


Para isso, basta utilizar um software e alimenta-lo com as informações para que ele gere a linha do tempo de uma forma mais atraente e legível em comparação a tabelas feitas em editores de texto ou de imagens.



Diferencial competitivo para advogados e escritórios de advocacia


Uma vez que o visual law democratiza o entendimento de casos, documentos e materiais do direito, consequentemente ele contribui para alavancar a carreira daqueles que apostam no uso do design gráfico e de recursos visuais a seu favor.


A utilização de recursos visuais e a simplificação da linguagem, chama a atenção e destaca o profissional que o utiliza e também confere capricho e dedicação ao trabalhando, sendo mais atrativo a possíveis clientes.


Ainda que muito falando, o visual law na prática ainda é pouquíssimo utilizado, então quando o leitor se depara com uma petição ou qualquer outro documento de um advogado com uma apresentação diferente e inovadora, consequentemente ele entenderá que aquele profissional é diferente e inovar.


O famoso julgar o livro pela capa. Tudo que demonstra ser mais atraente visualmente, acaba sendo visto como mais atraente em questão de conteúdo.


O cuidado com o trabalho representa cuidado com os clientes e coloca os profissionais um passo à frente em relação à concorrência.



Visual Law e Tecnologia Jurídica.


Visual Law e Tecnologia Jurídica estão conectados por meio do uso de ferramentas tecnológicas para criar e aplicar elementos visuais no campo do direito.


A Tecnologia Jurídica refere-se ao uso de tecnologia para melhorar a prática e o funcionamento do sistema jurídico.


Já o Visual Law é a aplicação de elementos visuais para tornar informações e conceitos jurídicos mais acessíveis e compreensíveis.



Algumas formas como Visual Law e Tecnologia Jurídica se conectam:


  • Aplicativos e Softwares de Visual Law: A Tecnologia Jurídica possibilita o desenvolvimento de aplicativos e softwares específicos para criar visualizações jurídicas, como gráficos de linha do tempo, diagramas de fluxo de processo, mapas conceituais, entre outros. Essas ferramentas facilitam a representação visual de informações complexas encontradas em documentos legais e casos judiciais.

  • Plataformas de Pesquisa Jurídica Visual: Algumas plataformas de pesquisa jurídica estão incorporando recursos visuais para ajudar os advogados a entender e analisar melhor decisões judiciais, estatísticas e dados jurídicos. Essas visualizações permitem uma análise mais rápida e abrangente do material de pesquisa.

  • Legal Design e Infografia Jurídica: A Tecnologia Jurídica pode ser usada para criar infográficos e materiais de Legal Design, que são formas de comunicação visual usadas para explicar conceitos jurídicos, processos e informações legais de maneira mais amigável e clara.

  • Apresentações em Tribunal e Audiências Virtuais: Com o avanço da Tecnologia Jurídica, advogados podem fazer uso de apresentações visuais durante julgamentos e audiências virtuais para apresentar seus argumentos de maneira mais eficaz e persuasiva.

  • E-learning e Plataformas de Ensino Jurídico: A Tecnologia Jurídica tem impulsionado o desenvolvimento de cursos online e plataformas de ensino jurídico, permitindo a integração de elementos visuais para tornar a aprendizagem mais interativa e envolvente.


Ao combinar Visual Law e Tecnologia Jurídica, é possível tornar o campo do direito mais acessível e eficiente, facilitando a comunicação, a pesquisa e a compreensão de informações legais para profissionais do direito e para o público em geral.


Isso pode contribuir para uma maior transparência e eficácia do sistema jurídico como um todo.


e-Xyon, pioneira no desenvolvimento de tecnologia jurídica.


Há mais de 20 anos no mercado, nosso foco é criar soluções pautadas em tecnologia de ponta para a atividade jurídica, utilizando inteligência artificial, machine learning, scripts e algoritmos para bases de dados judiciais, assim como automação, para simplificar o dia a dia de departamentos jurídicos e escritórios de advocacia.


Nossos serviços contam com um big data de próprio de mais de 180 milhões de processos judiciais, representando um espelho do Judiciário Brasileiro atual em termos de processos ativos e recém encerrados.

Através de Sofwares Jurídicos, Inteligência de Dados Judiciais e Automação de Processos, entregamos eficiência produtividade e ganho para os nossos clientes.


Conheça em nosso site todas as nossas soluções para sua empresa ou escritório.

58 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page